Polipiso do Brasil

SAIBA A DIFERENÇA ENTRE HELIPONTO E HELIPORTO E SAIBA O MELHOR TIPO DE REVESTIMENTO A SER USADO

Importante sabermos que Heliponto é uma área homologada (ou registrada) e demarcada para o pouso de helicópteros e não dispõe de instalações complementares, diferente do Heliporto que conta com os mesmos elementos do heliponto, porém com a adição de estruturas de apoio aos passageiros e aeronave (por exemplo: combustível para a aeronave, corpo de bombeiros, instalações de embarque e desembarque de passageiros). O heliporto é público e sua construção, operação e manutenção são executadas, direta ou indiretamente, pelo poder público através do Comando da Aeronáutica.

CONHEÇA AS NORMAS VIGENTES PARA FAZER A APLICAÇÃO DE PISO PARA HELIPORTO E HELIPONTO

Para contextualizarmos este artigo, utilizaremos como base às Instruções de Operação de Helicópteros para Construção e Utilização de Helipontos ou Heliportos e norma para homologação de helipontos instalados em embarcações emitido pela Marinha denominada NORMAN – 27 / DPC, lembrando que nosso contexto é o piso ou revestimento sobre este.

Quanto ao projeto estrutural – o piso para heliponto ou heliporto deverá possuir resistência suficiente para suportar a Massa Máxima de Decolagem (Maximun Take of Mass – MTOM) do mais pesado helicóptero considerado. Todo piso do heliponto deverá resistir as seguintes cargas de impactos calculadas em relação a MTOM: 150% da MTOM para pousos normais, 250% para pousos em condições de emergência e suas cargas deverão ser distribuídas na proporção de 75% para cada uma das duas partes do montante principal, aplicados numa área de 0,09 m2 por pneu ou esqui.
É pré-requisito para realização de vistoria inicial, de renovação e de alteração de parâmetros o laudo de resistência do piso emitido por Sociedade Classificadora reconhecida pela DPC atestando a resistência do piso declarada na DPC (Diretoria de Portos e Costas).
A pintura superficial do piso do heliporto ou heliponto deve manter um padrão predeterminada pela ANAC ou DPC.
A ANAC recomenda que as faixas de demarcação do revestimento ou do piso do heliporto e heliponto sejam pintadas de branco ou amarelas contornadas preferencialmente de preto, não há uma regra quanto à cor do pavimento como um todo, porém existe uma tendência para a cor azul. A ANAC tem especificações quanto ao layout, desde tamanho das letras e sinais de identificação, tais como tipo de heliponto e capacidade de carga.
No caso da DPC – toda a superfície, sendo ele piso ou revestimento do heliponto deverá ser pintada na cor verde escuro ou cinza com tinta antiderrapante (coeficiente de atrito > 0,65) e ter a função de evitar qualquer vazamento de líquidos para o convés inferior, as faixas de demarcação deverão ser pontuadas tal como mencionado pela ANAC.
A Polipiso do Brasil sugere à utilização de um revestimento à base de resina uretana (Endurit A.N) como estrutura para absorção das tensões de impacto com a sobreposição de uma pintura antiderrapante a base de poliuretano alifático (PU Color Tinta) na qual esta mesma tinta pode servir para demarcação de faixas e sinais de identificação. Conte com o trabalho da Polipiso do Brasil e faça a aplicação de revestimento à base de resina uretana.

Solicitar Orçamento